Prefeito afastado de Carmolândia volta ao cargo após decisão da Justiça

Afastado desde o último dia 16, após o Ministério Público Estadual apresentar fotos e vídeos que mostram funcionários e maquinários sendo usadas na construção da casa do prefeito Neurivan Rodrigues de Sousa (PMN), de Carmolândia, justiça retorna gestor ao cargo no município.

Para o desembargador, Ronaldo Eurípedes, do Tribunal de Justiça do Tocantins, a permanência de Neurivan no cargo não gera risco para as investigações. “O fato é que o afastamento cautelar do gestor municipal, por ora, se mostra medida extrema, não se justificando nessa fase primária de juízo, sobretudo, pela ausência de contraditório e por não se vislumbrar no caso concreto que o Agravante tenta obstruir ou prejudicar a instrução processual”, escreveu.

Apesar disso, ele manteve os bens do prefeito bloqueados até que o caso seja julgado. Ainda cabe recurso à sentença.

O caso

O prefeito de Carmolândia, Neurivan Rodrigues de Sousa (PMN), foi afastado do cargo por uma decisão liminar em um processo contra ele por improbidade administrativa. De acordo com as investigações, ele usou maquinários e servidores públicos na construção da própria casa, em horário de expediente.

Em vídeos que foram colocados nos autos, é possível ver máquinas com adesivos do Programa de Aceleração do Crescimento e funcionários uniformizados no local.

Até secretários municipais teriam trabalhado como pedreiros na obra. O Ministério Público Estadual informou que apura ainda denúncias de que o tamanho do imóvel é incompatível com os ganhos do prefeito.

(Portal G1/TO)

Anúncios

portalaraguaiacom

Notícias sobre Ananás e toda sua região do Bico do Papagaio

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: