Marta Ramos apresenta medidas emergenciais no enfrentamento a violência contra a mulher.

Os constantes casos de violência contra a mulher no Brasil e no Tocantins, tem chamado a atenção da população nos últimos dias. De acordo com dados divulgados por um relatório divulgado pela ONU, o nosso país, ocupa a 5º colocação no mundo com o registro de casos de feminicídio. Uma das bandeiras da candidata Marta Ramos (PSDB) é fazer com que o crime contra a  mulher seja inafiançável. “Não podemos mais aceitar tantos casos todos os dias e ver que nada é feito de forma enérgica pra coibir isso, sou a favor e vou trabalhar pra transformar esse tipo de crime sem fiança”. Exclamou a candidata.

Só no primeiro semestre deste ano foram registrados 226 casos de violência contra a mulher em Araguaína no norte do estado. A maioria dos casos ocorreu nos meses de maio e junho. Foram 147 crimes contra a mulher nesse período. Já entre março e abril, foram 79. Os dados são da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher. Marta acredita que é preciso fortalecer a rede de proteção a mulher com mais estrutura e condições de trabalho para que ameaças não se transformem em mais casos de morte. “Muitas vezes a mulher até denuncia, mas as investigações não prosseguem, por conta da sobrecarga da polícia e a falta de estrutura, e depois nos deparamos com mortes silenciosas, que muitas vezes nem são noticiadas pela grande mídia” destacou Marta.

Em todo o estado nos últimos 3 anos o Tribunal de Justiça do Tocantins concedeu 5864 medidas protetivas, o que revela o alto índice de ameaças que mulheres do Tocantins estão sofrendo. O caso mais recente aconteceu nesta segunda feira 01 de outubro, onde o marido é suspeito de matar a mulher e depois cometer suicídio, o caso foi registrado no Jardim Taquari em Palmas.  Parentes disseram que o casal estava junto há cerca de 20 anos e tinha brigas constantes. Segundo eles, a mulher teria sido agredida pelo companheiro várias vezes e chegou a ser ameaçada de morte por ele.

 

whatsapp-image-2018-10-01-at-6.54.42-pm

Marta pretende, ser uma incansável defensora das leis que defendem as mulheres e coíbem o crime, por isso acredita que é possível mudar essa história marcada por tristeza e muita dor.

 

 

Anúncios

portalaraguaiacom

Notícias sobre Ananás e toda sua região do Bico do Papagaio

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: