SAÚDE: Rádio-oncologista explica tratamento de linfomas com radioterapia

 

O Dia Mundial de Conscientização sobre Linfomas é comemorado neste sábado, 15. Segundo o médico rádio-oncologista da Radioterapia Irradiar, Ismar de Rezende Junior, os linfomas são cânceres que ficam localizados no sistema linfático e podem acometer em diferentes épocas da vida, com a incidência aumentando com idade.

Os linfomas são divididos em duas categorias: o Linfoma de Hodgkin e o Linfoma Não-Hodgkin. Conforme o Instituto Nacional de Câncer (INCA) a estimativa para novos casos do Linfoma de Hodgkin para este ano é 2.530, sendo 1.480 homens e 1.050 mulheres. Já o Linfoma Não-Hodgkin a expectativa este ano é de 10.180, sendo 5.370 homens e 4.810 mulheres.

De acordo com o rádio-oncologista, os linfomas, em sua maioria, são tratados com quimioterapia e radioterapia. “Quanto a radioterapia, são emitidos feixes radiação em áreas de lesão bulk. Áreas com maior volume de tumores malignos precisam ser consolidadas com a radioterapia, após terminado os ciclos de quimioterapia”, explicou.

1f93706f-caa1-4454-b7cf-adb134b1355e
Médico rádio-oncologista da Radioterapia Irradiar, Ismar de Rezende Junior.

Radioterapia Irradiar

Os pacientes da Irradiar contam com um acelerador que figura entre os mais modernos do País, sendo capaz de realizar radioterapia conformacional 3D, de intensidade modulada (IMRT) e IGRT além da Radiocirurgia (técnicas que maximizam os resultados com menores impactos à saúde do paciente). O aparelho focaliza e emite a radiação de forma específica para não comprometer os demais órgãos.

Anúncios

portalaraguaiacom

Notícias sobre Ananás e toda sua região do Bico do Papagaio

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: