CRIME: Caminhão com carga de Detefon junto com produtos infantis é flagrado no Tocantins

Segundo a PRF, um veículo Volvo/Fh 460 6x2t, que se deslocava de São Paulo/SP a Manaus/AM, transportando mercadorias diversas foi flagrado transportando substância tóxica junto com produtos para uso em crianças.

“Durante os procedimentos cabíveis de fiscalização, analisando a documentação de transporte, verificamos que dentre as mercadorias transportadas, encontra-se uma grande quantidade (11.609 Kg) de produtos perigosos, em quase sua totalidade sendo do produto DETEFON AEROSOL, um gás tóxico inflamável sendo transportados sem os cuidados necessários, descritos no Regulamento de Transporte de Produtos Perigosos (RTRPP)”, informou a PRF.

Veja o momento do flagrante feito pela PRF.

Conforme a PRF, juntamente com o Detefon foi encontado produtos diversos infantis, como mamadeiras, bicos de silicone, chupetas e artigos para laboratório.

A Vigilância Sanitária Estadual foi convocada para adotar as providências administrativas cabíveis.

“Também foi constatado que o produto DETEFON AEROSOL não está embalado corretamente, conforme exigência do Regulamento de Transporte de Produtos Perigosos. Vale destacar que é proibido o transporte de produtos perigosos, no mesmo compartimento, juntamente com alimentos, medicamentos ou produtos destinados ao consumo humano e animal, sob risco de contaminação”, explicou a PRF.

A PRF lembra que o regulamento prevê que o transporte, nesses casos, deve ser feito de forma que as mercadorias estejam separadas dos produtos perigosos, que devem estar contidos num cofre, que garanta a estanqueidade dos mesmos, evitando assim a contaminação em casos de vazamentos e/ou avarias das embalagens.

“Diante das informações obtidas foi constatada, a princípio, ocorrência de transportar substância tóxica. Foi lavrado o Termo Circunstanciado de Ocorrência”, explicou.

Anúncios

portalaraguaiacom

Notícias sobre Ananás e toda sua região do Bico do Papagaio

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: